CURSO ATUAL

por Marcelo S. Norberto

Nietzsche e a Moral

Uma reflexão sobre a contemporaneidade

Este curso online, em parceria com o Instituto de Psicologia e Arte (IPA), é voltado para pessoas em geral (sem a necessidade de formação prévia), interessadas em filosofia e em temas contemporâneos, bem como pesquisadores que desejem aprofundar no estudo em questão.

O curso pretende, a partir de uma discussão em torno da obra A Genealogia da Moral de Friedrich Nietzsche –, fornecer elementos para uma melhor compreensão do nosso tempo, justamente no campo em que o debate público atual não cessa de se referir e, ao mesmo tempo, parece ser refratária a qualquer certeza: a moral.

CARGA HORÁRIA

15 encontros semanais
Quartas-feiras, das 20h às 22h

Serão 15 encontros semanais, às quartas-feiras, das 20h às 22h, através do Zoom.

As aulas serão virtuais e ao vivo, com as gravações disponíveis para os alunos posteriormente.

O curso começa no 09 de Março e termina em 29 de Junho de 2022.

SOBRE O CURSO

A Genealogia da Moral oferece aos seus leitores uma vigorosa abordagem da moralidade, descortinando em nossa cultura uma série de problemas até então ignorados. Não se trata, para Nietzsche, de encontrar uma melhor forma de julgar os atos humanos, mas de entender a operação e a criação dos valores norteadores de uma sociedade. Saber como nossa cultura foi forjada e estruturada é seu objetivo crítico. Afastando-se de uma tradição que toma os princípios morais como expressão da verdade universal, Nietzsche apresenta e aplica um novo método que se mostra capaz de trazer a luz os emaranhamentos morais de toda uma cultura ocidental: a genealogia.

Através de um estudo singular na Filosofia, que recorre a tipos humanos, e não a fatos científicos (“o Nobre Grego”, “o escravo”, “o sacerdote”), Nietzsche colocará, frente a frente, duas concepções distintas de moral: a grega e a cristã. E desta tensão entre forças inconciliáveis, o filósofo alemão introduzirá no pensamento ocidental uma noção que permitirá um outro olhar sobre a contemporaneidade: a noção de ressentimento.

A partir da afirmação de que nossa moral se constitui sobre os alicerces do ressentimento, Nietzsche passará a discutir a questão, tendo como pontos centrais os valores (e não mais a verdade) e a criação na existência (alheia a uma força divina). Para o projeto nietzschiano, onde imaginamos ver um espaço de amorosidade e acolhimento, a moral moderna é permeada de culpa, de negação do mundo e de empobrecimento da vida.

Refletir sobre as questões trazidas por Nietzsche em A Genealogia da Moral é uma forma contundente de problematizar nossa própria época, de recolocar a discussão em torno da moral com seriedade e longe das apropriações utilitaristas e, por fim, tentar elaborar alternativas para nossa sociedade enferma.

TÓPICOS DAS AULAS

  • Apresentação do pensamento de Nietzsche e do tema que iremos discutir: a moral.
  • A importância do tema: pensar sobre a moral é refletir sobre o humano.
  • O acontecimento Nietzsche (seu lugar na tradição filosófica e o projeto da Genealogia da Moral).
  • A diferença entre princípios morais e valores morais (universalidade versus criação).
  • O impacto no estudo da moral da noção de ressentimento (afirmação da vida versus negação da vida).
  • O método genealógico como possibilidade de um diagnóstico de nosso tempo (oposição entre ação e ressentimento).
  • O viver trágico como ruptura de uma cultura utilitarista e consumista (o acontecimento humano).

SOBRE O PROFESSOR

Marcelo S. Norberto, Doutor em !loso!a, é professor e pesquisador (CCE/PUC-Rio). Tem trabalhos publicados sobre Filoso!a Francesa Contemporânea, com ênfase em Ética e Filoso!a Política. Autor de “O drama da ambiguidade – a questão da moral em O ser e o nada” (Edições Loyola/2017), é co-organizador de “Sartre Hoje – 2Vol” (Editora Fi/2017) e “Sartre e a política” (Editora PUC-Rio e Via Verita/2019).

Comprar Agora

Quer receber meus boletins?

Newsletter

Privacidade e Saúde Mental serão preservados.

Copy link
Powered by Social Snap